compartilhar esta notícia no facebook

publicada em 25/07/2018

Nova Cidade vence, mas Campos avança na Copa Rio pelo placar agregado

O Nova Cidade até venceu, mas quem fez a festa em Nilópolis foi o Campos Atlético. Pela partida de volta da primeira fase da Copa Rio, nesta quarta-feira, o Quero-Quero da Baixada derrotou o Leão do Parque Leopoldina por 2 a 1, com gols de Diego Armando e Ítalo, contudo não o suficiente para seguir no torneio estadual por conta da goleada na ida, de 4 a 0, quando utilizou o time alternativo. Com isso, os nilopolitanos deram adeus e agora focam somente no returno da Série B2 do Campeonato Carioca.

O jogo

A tarefa do Nova Cidade não era nada fácil, até porque eram precisos quatro gols para, no mínimo, levar o confronto para os pênaltis. Porém, assim que o árbitro Diego Lourenço autorizou o início do jogo, o time de Nilópolis se lançou ao ataque para descontar o prejuízo no placar agregado. Aos seis minutos, André Melo cobrou escanteio na área, a defesa cortou parcialmente e Diego Armando completou no canto direito: 1 a 0.

Com mais posse de bola e aproveitando o bom momento, o Quero- Quero da Baixada criou nova oportunidade em jogada semelhante a do gol. Em bola alçada na área em córner, Napu cabeceou à esquerda de Gláucio. Após o tempo técnico, aos 20, Ítalo aproveitou a bobeada da defesa campista e acertou o pé para marcar o segundo gol,mantendo a esperança do Nova Cidade acesa.

E o terceiro não saiu por mero detalhe. Aos 32, Ruan recebeu bola da direita e tocou para Allan Souza, que invadiu a área e bateu cruzado. O atacante Diego Armando entrou pela segunda trave, mas não alcançou e a bola se perdeu pela linha de fundo, com o placar virando em 2 a 0 favorável aos donos da casa

Para o segundo tempo, somente um lema restava ao Nova Cidade: atacar, atacar ou atacar. Porém, o técnico Branco colocou o zagueiro Leandrão e fechou ainda mais a sua equipe, dificultando o trabalho dos nilopolitanos que já haviam deixado de lado toda organização tática, partindo para o “tudo ou nada”.

Apostando nas jogadas aéreas, o Nova Cidade não tinha êxito e, com o correr do tempo, a busca pela classificação ficava cada vez mais distante. E ela foi abortada aos 32, quando Valker sofreu pênalti. Ele mesmo ajeitou a bola e cobrou, parando na defesa de Leo Fortunato. Porém, os rubros apenas olharam o rebote e o próprio Valker ficou livre para marcar em favor do Campos, selando a classificação.

Foto: Emerson Pereira

 

Deixe seu comentário aqui

 

  voltar

Próximo jogo

x
20/10/2018 às 15:00hs - Semifinal Geral - Volta - Campeonato Estadual Série B2 2018
Estádio Joaquim de Almeida Flores, Nilópolis

Jogo anterior

0 x 0
17/10/2018 às 15:00hs - Campeonato Estadual Série B2 2018
EC Avelar, Paty do Alferes

Parceiros & Patrocinadores